BECAUSE IS INSANE



Florent Porta, Frida Kahlo’s Autorretrato con Collar de Espinas
☽❍☾

Mantê-la mantê-la a todo custo
eu ainda sei ler, minha mãe
eu ainda sei ler, meu pai
estou mantendo ainda
ainda tenho algumas horas no dia
ainda sonho em fazer canções
e mesmo quando me apaixono insanamente
e desejo fontes de juventude boca a boca
(na praça clóvis minha carteira foi batida)
e mesmo quando endoideço aos vôos flutuantes perseguida por
galgos que me brincam e acalantam minha insônia
forçada de doideira
(chega um pouco pra lá, meu amor, se afasta um pouco)
e mesmo quando as lentes se perdem (e as palavras)
ainda sei ler, meu pai
ainda sei ler, minha mãe
ainda sei dizer: queimo,
e não arder simplesmente

(ana c.)

damageintomp:

robert desnos, from Mourning for Mourning
bouncyflolacey:

Alla Nazimova in Salome 1923.
☽❍☾
“She lay for a considerable time looking blankly at the wall opposite, her hands clasped above her heart, and her light burning by her side. All articulate thought had long ago deserted her; her heart seemed to have grown to the size of a sun, and to illuminate her entire body, shedding like the sun a steady tide of warmth.”

— Virginia Woolf, from “The Voyage Out” (via mitochondria)

(via fishturnedpink)

hoodoothatvoodoo:

Frank Cadogan Cowper
stelliii:

Guy de Cointet
☽❍☾

I am the storm, I am the wonder
And the flashlights, nightmares
And sudden explosions

The story of my maker
What I have and what I ache for

I cut and I spear
And what else is there

There’s no room where I can go

NEIL-KRUG_MYSTIC-WHITE-FLIGHT
☽❍☾

I put a spell on you.